Follow by Email

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Café com futebol na cidade de São Paulo (Coffee with football in the city of São Paulo)



Há uma semana a cidade de São Paulo não dormiu na madrugada de quarta-feira para quinta-feira devido a conquista do torneio Libertadores das Américas pelo time mais popular do estado e o segundo time país, o Sport Club Corinthians.

Ontem foi a vez do meu time de coração ganhar a Copa do Brasil, a Sociedade Esportiva Palmeiras, fez com que boa parte da cidade também não dormisse devido aos inúmeros fogos de artifícios que são estourados pelos festejos do titulo conquistado.

Só para dar uma ideia das dimensões dos festejos em termos de target de marketing o Corinthians tem 16% de market share e o Palmeiras têm 6% de market share em termos de Brasil, ou melhor, 17 milhões de torcedores do alvinegro de Parque Saõ Jorge versus algo perto de 6,5 milhões de alviverde de Parque Antártica. Sendo que a maioria destas duas torcidas está alocada no estado de São Paulo (principal estado do país).

Acha fogos de artifício no céu paulistano.

A amplitude dos festejos é incrível se na quinta-feira passada a cidade estava pintada de preto e branco hoje a cidade é verde e branco. Sem esquecer que dentro da cidade comporta outra torcida com um market share de 8% das preferências nacionais.

O futebol é o pio do povo como dizia Nelson Rodrigues. O brasileiro é um apaixonado pelo futebol. Tanto que na cidade do Rio de Janeiro com as obras no Maracanã para a Copa do Mundo de futebol em 2014,o carioca está meio nu sem seu programa predileto de domingo.Praia e sol no período matinal e futebol a tarde no Maracanã.

A potencia das equipes de futebol paulistanas se deve a um fenômeno que começou acontecer no Brasil por volta de 1850. Nesta época a então província de São Paulo contava aproximadamente com 22 mil habitantes. Passados 162 anos a cidade de São Paulo é uma megalópole de grandeza mundial. Uma cidade que não para.

Quem deu a São Paulo esta pujança?

A cultura do café!




A week ago the city of São Paulo have not slept in the early hours of Wednesday to Thursday due to winning the Libertadores of the Americas tournament by the time most popular in the State and the country, the second team Sport Club Corinthians.

Yesterday it was the turn of my heart team win the World Cup Brazil, Sociedade Esportiva Palmeiras, meant that much of the city also doesn’t sleep due to the numerous fireworks that are destroyed by the festivities of the title conquered.

Just to give an idea of the dimensions of the celebrations in terms of target marketing, Corinthians has 16% market share and the Palm trees have 6% market share in terms of Brazil, or better, 17 million supporters alvinegro Parque Saõ Jorge versus something close to 6.5 million alviverde Parque Antarctica. Being that most of these two twisted is allocated in the State of São Paulo (State).

Think fireworks in the sky paulistano.

The extent of the celebrations is awesome on Thursday the city was painted black and white today the city is green and white. Without forgetting that within the city involves another crowd with a market share of 8% of national preferences.

Football is the pio of the people as Nelson Rodrigues. The Brazilian is a passionate football. So much so that in the city of Rio de Janeiro with the works in Maracanã Stadium for the soccer World Cup in 2014, the carioca is half naked without your favorite program on Sunday. It’s Beach and Sun in the morning and the afternoon period football in Maracanã.

The power of the São Paulo football teams is due to a phenomenon that began to happen in Brazil around 1850. This time the then province of São Paulo had approximately 22 thousand inhabitants. Passed 162 years the city of São Paulo is a megalopolis of world size. It’s a city that doesn’t stop.

Who gave the Sao Paulo this strength?

The culture of coffee!


Nenhum comentário:

Postar um comentário