Follow by Email

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Horário eleitoral o inferno na mídia / Electoral schedule the hell in the media



O horário eleitoral foi instituído pela lei Nº 4.737, de 15 de julho de 1965, que criou o Código Eleitoral Brasileiro.

Então o processo eleitoral já começa com uma grande mentira contada e sustentada por todos os participantes do pleito para o publico alvo. O horário eleitoral não em gratuito!

Os partidos políticos não pagam nada pelo espaço cedidos pelos meios de comunicação, mas não pense que as emissoras arcam com todo o prejuízo. De acordo com a lei, 80% do valor que a empresa iria receber, caso o espaço publicitário fosse vendido, pode ser deduzido do Imposto de Renda dela. É como se o governo pagasse boa parte dessas despesas. Os 20% restantes seriam uma contribuição das emissoras para a democracia. Como são concessões do governo, as emissoras têm obrigações perante o poder público.

Posto estas duas informações fico com a certeza que jogamos pelo ralo um bom dinheiro.

O horário eleitoral é antidemocrático. Prevalece o poder financeiro sobre o poder das propostas dos candidatos. O candidato que tiver o melhor padrinho e melhor patrocínio irá vencer.Pouco importa sua ideologia ou proposta de governo. Sua exposição midiática leva a vitoria eleitoral.

São cometidos todos os tipos de ilegalidade e abusos pelos candidatos. Quem é da situação diz que seu governo foi uma maravilha e que tem mais ideias para tornar esta maravilha no paraíso na terra e contrapartida a oposição desce criticas na situação e garante que tem a solução para todos os problemas do cidadão.

O eleitor fica preso ao culto de certas personalidades. Temos os políticos profissionais, políticos amadores e balões de ensaio.

O que é um balão de ensaio eleitoral?

São as personalidades do mundo artístico ou esportivo com grande imagem junto à população fazendo dele um puxador de voto eleitoral. Agregado a sua chapa eleitoral está uma serie de políticos ou caciques políticos que não tem mais apelo junto à população e conseguem com esta manobra sua eleição a um cargo público.

Não existe vontade política para que se faça uma reforma política eleitoral por parte da classe política e nem as classes dominantes orgânicas aceitam em perder suas prerrogativas sociais a democracia brasileira é violentada em todas as eleições por gregos e troianos.




The electoral schedule was instituted by the law Nº 4,737, of 15 of July of 1965 that it created the Brazilian Electoral Code.

Then the electoral process already starts with a great counted lie and supported for all the participants of the lawsuit for I publish target to it. The electoral schedule not in gratuitous!

The political parties do not pay nothing for the space yielded by the medias, but it does not think that the senders shoulder all with the damage. In accordance with law, 80% of the value that the company would go to receive, in case that the space advertising executives were selling can be deduced of the Income tax of it. It is as if the government paid good part of these expenditures. 20% remains would be a contribution of the senders for the democracy. As they are concessions of the government, the senders have obligations before the public power.

The electoral schedule is antidemocratic. The financial power prevails on the power of the proposals of the candidates. The candidate who will have optimum godfather and better sponsorship will go to be successful. Little imports its ideology or proposal of government. Its media exposition takes the electoral victory.

The types of illegality and abuses for the candidates are committed all. Who is of the situation says that its government was a wonder and that it has more ideas to become this wonder in the paradise in the land and counterpart the opposition goes down criticizes in the situation and guarantees that has the solution for all the problems of the citizen.

The voter is imprisoned to the cult of certain personalities. We have the professional politicians, amateur politicians and balloons of assay.

What it is a balloon of electoral assay?

They are the personalities of the artistic or sporty world with great image next to the population making of it a knob of electoral vote. Added its electoral plate it is a series of politicians or chieftains politicians whom more doesn’t have I appeal next to the population and obtain with this maneuver its election to a public office.

Will does not exist politics so that if makes a reform electoral politics on the part of the classroom politics and nor the organic ruling classes accept in losing its social prerogatives the Brazilian democracy are forcene in all the elections for Greeks and Trojans.

Nenhum comentário:

Postar um comentário