Follow by Email

terça-feira, 7 de agosto de 2012

O Brasil e a America Sul nas Olimpíadas / Brazil and South America in the Olimpíadas





Durante o ultimo Pan-americano ufanistas de plantão do nacionalismo abjeto teceram elogios para a maravilhosa participação brasileira no evento.

Toda a America do Sul conquistou 14 medalhas até agora. A America Central também conquistou 14 medalhas no total. O Brasil até o momento ganhou oito medalhas e Cuba sete medalhas. A participação brasileira é pífia em relação ao número de habitantes e poder econômico versus aos mesmos parâmetros que Cuba tem.

Esporte antes de tudo é cultura e tecnologia de ponta em varias áreas do conhecimento humano. Os governos podem adulterar dados econômicos ou sociais segundo suas vontades, mas na hora do vamos ver notamos o nosso secular atraso social e cultural.

O Brasil apenas o país do futebol e iremos fazer a próximas Olimpíadas para os outros festejar em nossa casa. O quadro não mudará muito em quatro anos já que o investimento para fazer campeões é na base na tenra idade e nas escolas e universidades. Gastamos rios de dinheiro em prédios de federações e em altos salários de dirigentes e nada na base.

O Cielo ou atual Zanetti são exceções que costumam aparecer de tempos em tempos como foi o caso do Guga ou 50 anos antes da Maria Ester Bueno no tênis.

Os grandes patrocinadores privados só gastam suas verbas em campeões para promover seus produtos ou serviços em publicidade em época de Olimpíadas. São falsas verdades para garantir seu faturamento anual.

O Brasil ganhou em sua historia olímpica 22 medalhas de ouro só o Phelps tem 18 medalhas de ouro. Isto dá uma dimensão de nosso atraso cultural, social e tecnológico.

O pior está a America do Sul que está numa pindaíba de dar gosto! O continente está afundado dentro de um atraso social. Muito deste atraso é secular e vem sendo jogado para baixo do tapete pelas oligarquias orgânicas e seus sócios internacionais.

Esporte é cultura!

During the last Pan-American proud on duty of the abject nationalism had weaved compliments for the wonderful Brazilian participation in the event.

All the South America conquered 14 medals so far. Central America also conquered 14 medals in the total. Brazil until the moment gained eight medals and Cuba seven medals. The Brazilian participation is source in relation to the number of inhabitants and economic power versus the same parameters that Cuba has.

Sport before everything is culture and technology of tip in you vary areas of the human knowledge. The governments can adulterate given economic or social as its wills, but in the hour of we go to see we notice it our secular social and cultural delay.

Brazil only the country of the next soccer and we will go to make the Olympiads other to feast them in our house. The picture will not move very in four years since the investment to make champions is in the base in earlier age and the schools and university. We spend money rivers in building of federacy and high wages of controllers and nothing in the base.

The Cielo or current Zanetti is exceptions that accustom to appear from time to time as it was the case of the Guga or 50 years before the Maria Ester Bueno in the tennis.

The great private sponsors only spend its amounts of money in champions to promote its products or services in advertising at time of Olympiads. They are false truths to guarantee its annual invoicing.

Brazil gained in its Olympic history 22 gold medals alone the Phelps has 18 gold medals. It’s of the one dimension of our cultural, social and technological delay.

Worse it is the South America that is in one down and out to give taste! The continent is sunk inside of a social delay. Much of this delay is secular and comes being played for low of the carpet for the organic oligarchies and its international partners.

Sport is culture!

Nenhum comentário:

Postar um comentário