Follow by Email

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Hoyou com Café superior não é uma metáfora (Coffee top isn't Hoyou a metaphor)




Definição da palavra chinesa "hoyou": traduzido do chinês como enganação, ou vigarice. Não chega a ser fraude, está mais para bravata do que para golpe.

Pois é, a sigla BRICS é isso. Não chega a ser fraude, mas é enganação. Não existe como grupo. Existe, sim, Brasil, Rússia, Índia, China e, agora, África do Sul. Existem e são importantes, mas seriam importantes de qualquer maneira mesmo que um esperto agente de mercado chamado Jim O'Neill não tivesse inventado a sigla.



Os investidores eram o público alvo de O'Neill ao criar seu "hoyou": atraí-los para investimentos em mercados promissores mas que não tinham --nem têm-- o menor laço histórico, geográfico, político, institucional ou qualquer outro laço de convergência política e econômica.

Os BRICS não têm uma única política conjunta. Ninguém nunca se dá ao trabalho de consultar o grupo para adotar qualquer medida, econômica, política, de segurança, o que seja. Pela simples e boa razão que não há posição conjunta do grupo para nada. Pode haver posição de cada um dos países sobre, digamos a situação na Síria ou sobre a crise da dívida na Europa. Tais posições podem até ser coincidentes, mas não porque foram combinadas antes. Mera coincidência.

Os BRICS têm realidades completamente diferentes um dos outros. Cada qual tem suas ambições geopolíticas regionais e em escala mundial que colidem entre si e com outras nações vizinhas. China tem seus problemas comerciais com o Vietnã e Tailândia,assim como o Brasil tem problemas com a Argentina,A Rússia com Ucrânia e a Índia com seus problemas políticos militares com o Paquistão.



A sigla até que é legal, mas não há uma práxis comum entre o SCIRB !

Translate Chinese "hoyou": translated from Chinese as deceitful, or swindle. Not enough to be fraud is more bravado than to blow.

Well, the acronym BRICS is this. Not enough to be fraud, but it is deceitful. It doesn’t exist as a group. There is, Yes, Brazil, Russia, India, China and now South Africa. Exist and are important, but it would be important anyway even though a smart market agent named Jim O'Neill hadn't invented the acronym.

Investors were the target audience of O'Neill to create his "hoyou": attracting them to investments in promising markets but who were not--nor do they have--the smallest historic loop, geographical, political, and institutional or any other political and economic convergence loop.



The BRICS does not have a single joint policy. Nobody ever takes the trouble to consult the group to adopt any measure, economic, political, security, whatever. It’s for the simple and good reason that is no joint position of the group for anything. There may be a position each country about, say the situation in Syria or about the debt crisis in Europe. Such positions can even be coincident, but not because were combined before. It’s a simple coincidence.

The BRICS have completely different other realities. Each of which has its regional geopolitical ambitions and on a global scale that collide with each other and with other neighboring Nations. China has its trade problems with the Viet Nam and Thailand, as well as the Brazil has problems with Argentina, Russia with Ukraine and India with their political problems with the Pakistan military.

The symbol until it is cool, but there is a common practice among the SCIRB!



Café superior (Top coffee)



80 ml de whisky irlandês/ 80 ml Irish whiskey
80 ml de café espresso/ 80 ml espresso coffee
80 ml de licor de café / 80 ml coffee liqueur
4 colheres de açúcar mascavo/ 4 tsp brown sugar





Coloque todos os ingredientes e mexa bem. Aguarde até esfriar um pouco. Beba tudo em um movimento

Place all ingredients and stir well. Wait until you cool down a bit. Drink it all in one movement


Nenhum comentário:

Postar um comentário