Follow by Email

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Piadas são piadas fatos são atos que viraram casos (Jokes are jokes facts are acts that capsized cases)



Certos fatos e atos da tragicomédia humana escondem muitas verdades e muitas mentiras. Assim como os indivíduos que tem uma vida com a família e outra totalmente diferente além da família. O caso da paranoia americana contra qualquer país que desenvolva tecnologia nuclear me lembra duma piada.

Certa vez uma mulher que vivia solitária durante o dia por que seu marido Jorge passava o dia no trabalho e chegava tarde ao lar e suas filhas estudavam no colégio em período integral. Ela pensou é foi comprar um animal de estimação. Entrou numa loja e começou a procurar. Ela analisou o comportamento de vários cães, gatos, pássaros e nada interessava. Quando de repente um papagaio numa gaiola deu um assobio e perguntou para ela quanto era a hora de sexo.




Ela achou graça do papagaio e foi perguntar ao gerente da loja se o papagaio estava a venda. O Gerente respondeu que sim ,porém avisou que o papagaio tinha passado e sido ensinado a falar dentro de uma casa de lenocínio.

A mulher falou que não tinha importância. Comprou o papagaio.

Chegando a casa ela tirou o capuz do papagaio, este olhou para um lado. Olhou para outro e disse:

- Papagaio mudou. Mudou de casa, mudou a cafetina. Papagaio gostou.

A mulher começou a rir do jeito do papagaio.



Chegando suas filhas do colégio ela mostrou o papagaio. Este olhou para as filhas e disse:

-Papagaio mudou de casa. Mudou a cafetina e mudou as prostitutas. Papagaio gostou.

Todas acharam uma graça do jeito do papagaio.

Já a noite chegou o marido da mulher. Esta foi logo mostrando o papagaio.

Este olhou para o marido e disse:

-Ei Jorge você também mudou de prostíbulo?



Certain facts and acts of human tragicomedy hide many truths and many lies. As well as individuals who have a life with family and another entirely different beyond the family. The case of American paranoia against any country develop nuclear technology reminds me of a joke.

Once a woman who lived alone during the day by her husband George spent the day at work and came home late and his daughters were studying in College full-time. She thought it was buy a pet. Entered a shop and began searching. She analyzed the behavior of several dogs, cats, birds and nothing mattered. When suddenly a parrot in a cage gave a whistle and asked for it as it was the time of sex.

She felt the grace of the Parrot and was ask the store manager if the Parrot was the sale. The Manager replied that Yes, but warned that the Parrot had passed and been taught how to speak inside a House of pimping.

The woman said that had no importance.




Arriving home, she took the hooded Parrot, this looked to one side. Looked at another and says:

--Parrot changed. Changed House, changed the madam. Parrot liked.

The woman began to laugh the way of the Parrot.

Reaching his daughters of college she showed the Parrot.

This looked to the daughters and said:-Parrot moved from home. Changed the cafetina and changed the prostitutes. Parrot liked.

All found a grace of Parrot's way.





Already the night reached the woman's husband. This was soon showing the Parrot. Parrot looked to her husband and said:

- Hey George you also changed his brothel?

Vamos tomar um café? (Let's take a coffee?)

Como estamos no verão aqui no hemisfério sul vamos com um Café Tropical! (As we are in the summer here in the southern hemisphere are going with a Tropical Coffee!)

30 ml de rum / 30 ml gold rum

165 ml de café espresso / 165 ml espresso coffee

45 ml de chantilly / 45 ml whipped cream

1 colher de sopa de açucar mascavo / 1 tsp brown sugar



Colocar o rum e café em uma xícara de café irlandês e adoçar a gosto. Suavemente decorar com creme por cima, polvilhe com canela e sirva.



Pour gold rum and coffee into an Irish coffee cup and sweeten to taste. Gently float cream on top, sprinkle with cinnamon, and serve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário