Follow by Email

quinta-feira, 22 de março de 2012

Dia da água (Water Day)




Hoje é o dia mundial da água.

O Dia Mundial da Água foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas) no dia 22 de março de 1992.

O que aconteceu nestes últimos 20 anos de comemoração do dia da água?

Cada vez mais existe a ameaça deste bem universal se transformar num produto com alto valor agregado. A escassez de água potável e a incontrolável ganância comercial de empresas transnacionais em ter o controle das reservas aquíferas no planeta faz o futuro do acesso à água potável uma tarefa a ser travada pelas gerações futuras.

No presente vamos nos recusar a comprar água engarrafada em recipientes plásticos nos restaurantes, bares ou lanchonetes.

Vamos pedir água na jarra.

Declaração Universal dos Direitos da Água

Art. 1º - A água faz parte do patrimônio do planeta. Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.

Art. 2º - A água é a seiva do nosso planeta. Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem.

Art. 3º - Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia.




Art. 4º - O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.

Art. 5º - A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.

Art. 6º - A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.

Art. 7º - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.

Art. 8º - A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.



Art. 9º - A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.

Art. 10º - O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.

Today is world water day.

The world water day was created by the UN (United Nations Organisation) on March 22, 1992.

What happened over the last 20 years of celebration of day of water?

Increasingly there is the threat of this universal and become a product with high added value. The shortage of drinking water and the uncontrollable commercial greed on transnational corporations have control of aquifer reserves on the planet makes the future of access to clean water a task being fought by future generations.

In this we refuse to buy bottled water in plastic containers in restaurants, bars or coffee shops.

Let's ask for water in the jar.



Universal Declaration of human rights of the water

Art. 1-the water is part of the patrimony of the planet. Every continent, every nation, every nation, every region, every city, every citizen is fully responsible in the eyes of all.

Art. 2-water is the lifeblood of our planet. It is the essential condition of life of every plant, animal or human. Without it we couldn't conceive how the atmosphere, climate, vegetation, culture and agriculture are. The right to water is fundamental human rights: the right to life, as it is stipulated in Art. Article 3 of the Universal Declaration of human rights.

Art. 3-natural resources processing water in drinking water are slow, fragile and very limited. Therefore, the water must be handled with rationality, caution, and parsimony.

Art. 4-the balance and the future of our planet depends upon the preservation of water and its cycles. These must remain intact and functioning normally to ensure the continuity of life on Earth. This balance depends, in particular, the preservation of seas and oceans, where the cycles begin.

Art. 5-water is not only a legacy of our predecessors; It is, above all, a loan to our successors. Your protections constitute a vital necessity, as well as a man's moral obligation towards present and future generations.

Art. 6-water is not a free gift of nature; She has an economic value: one must know that it is sometimes rare and expensive and that may very well be wanting in any region of the world.




Art. 7-the water should not be wasted nor polluted or poisoned. In General, its use should be done with awareness and discernment so that we do not reach a situation of depletion or deterioration of the quality of the reserves currently available.

Art. 8-water utilization implies respecting the law. Your protections constitute a legal obligation for every man or social group that uses it. This question should not be ignored nor by man or by the State.

Art. 9-water management requires a balance between the imperatives of its protection, and the economic order needs, health and social security.

Art. 10-the planning of water management must take into account the solidarity and consensus because of its uneven distribution over the Earth.



Nenhum comentário:

Postar um comentário