Follow by Email

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Entre a realidade e a ficção virtual (Between reality and virtual fiction)



Realidade significa "tudo o que existe". O termo inclui tudo o que é, seja ou não perceptível, acessível ou entendido pela ciência, filosofia ou qualquer outro sistema de análise.

Realidade significa a propriedade do que é real. Aquilo que é, que existe. O atributo do existente.

O real é tido como aquilo que existe, fora da mente. A ilusão, a imaginação, embora não esteja expressa na realidade tangível extra-mentis, existe ontologicamente, ou seja: intra-mentis. E é portanto real, embora possa ser ou não ilusória. A ilusão quando existente, é real e verdadeira em si mesma. Ela não nega sua natureza. O ente fictício, imaginário, idealizado no sentido de tornar-se ideia, e ser ideia, pode - ou não - ser existente e real também no mundo externo. O que não nega a realidade da sua existência enquanto ente imaginário, idealizado.



Quanto ao externo - o fato de poder ser percebido só pela mente - torna-se sinônimo de interpretação da realidade, de uma aproximação com a verdade. A relação íntima entre realidade e verdade, o modo em como a mente interpreta a realidade, é uma polêmica antiga.

A realidade significa o ajuste que fazemos entre a imagem e a ideia da coisa, entre verdade e verossimilhança. O problema da realidade é matéria presente em todas as ciências e, com particular importância, nas ciências que têm como objeto de estudo o próprio homem.

Na interpretação ou representação do real, a realidade está sujeita ao campo das escolhas, isto é, determinamos parte do que consideramos ser um fato, ato ou uma possibilidade, algo adquirido a partir dos sentidos e do conhecimento adquirido. Dessa forma, a construção das coisas e as nossas relações dependem de um intrincado contexto. Portanto a realidade é construída pelo sujeito cognoscente; ela não é dada pronta para ser descoberta.



A verdade (subjetiva) pode, às vezes, estar próxima da realidade, mas depende das situações, contextos, das premissas de pensamento, tendo de criar dúvidas reflexivas.

O objetivismo metafísico sustenta que as verdades são independentes de nossas crenças, exceto as proposições que são realmente sobre nossas crenças ou sensações, o que é verdadeiro ou falso é independente do que pensamos que seja verdadeiro ou falso.

Um fato" ou uma "entidade factual", por outro lado, é um fenômeno que é percebida como um princípio elementar. Raramente estes conceitos estam sujeitos à interpretação pessoal.

Axiomas são realidades auto-evidentes, cuja existência é aceita como dada e a partir da qual mais concepções são geradas.



O conceito de Realidade na metafísica oriental é a da realidade única, subjacente a toda forma de vida.

Realidade Virtual, Holografia, e/ou ambiente virtual, é uma tecnologia de interface avançada entre um usuário e um sistema computacional. O objetivo dessa tecnologia é recriar ao máximo a sensação de realidade para um indivíduo, levando-o a adotar essa interação como uma de suas realidades temporais.

Isto me lembra duma piada:

Qual a diferença entre um político e um cachorro atropelados? Antes do cachorro, há marcas de freada.

Reality means "everything that exists". The term includes everything that is, whether or not perceptible, accessible or understood by science, philosophy or any other scanning system.



It’s reality means the ownership of which is real. What’s it that exists? It’s existing attribute.

The real is what exists outside the mind. The illusion, imagination, although not expressed in tangible reality ontologically there is extra-mentis, IE: intra-mentis. And is therefore real, although it may be illusory or not. The illusion where one exists is real and true to herself. She does not deny his nature. The fictional, imaginary, idealized body to become idea, and idea, can or not is real in the world and also abroad. What does not deny the reality of its existence while entity imaginary, idealized.

As to the external-the fact that it can be perceived only by mind-becomes synonymous with interpretation of reality, a rapprochement with the truth. The intimate relationship between reality and truth, the way the mind interprets the reality, is an old controversy.



Reality means the adjustment we make between the image and the idea of the thing, between truth and verisimilitude. The problem of reality is a substance present in all sciences and, with particular importance in the sciences that have as their object of study the man himself.

In interpretation or representation of the real, the reality is subject to the field of choices, that is, we have determined part of what we consider to be a fact, act or a possibility, something acquired from the senses and knowledge acquired. This way, the construction of things and our relations depend on an intricate context. So the reality is constructed by subject cognoscente; she isn’t given ready to be discovered.

The truth (subjective) can sometimes be close to the reality, but depends on the situations, contexts, from the premises of thought, having to create reflective questions.

The metaphysical Objectivism holds that truths are independent of our beliefs, except the propositions that are really about our beliefs or sensations, what is true or false is independent of what we think is true or false.



A fact "or a" factual entity ", on the other hand, is a phenomenon that is perceived as a basic principle. Rarely these concepts are subject to personal interpretation.

Axioms are self-evident realities, whose existence is accepted as given and from which more conceptions are generated.

The concept of reality in Eastern metaphysics is the single reality underlying the whole way of life.

Virtual reality, Holography, and/or virtual environment, is an advanced interface technology between a user and a computer system. The goal of this technology is to recreate the sensation of reality to an individual, leading him to adopt this interaction as one of his temporal affairs.



This reminds me of a joke:

What is the difference between a politician and a dog get hit? Before the dog, there is frenetic and marks.

Vamos tomar um café (Let’s drink a coffee)?



15 ml de xarope de chocolate / 15 ml chocolate syrup

15 ml de licor de chocolate / 15 ml chocolate liqueur

15 ml de licor de cacau / 15 ml cocoa liqueur

150 ml de café espresso / 150 ml coffee espresso

45 ml de chantilly / 45 ml whipped cream

Essência de laranja / Orange essence

Coloque todos os ingredientes na ordem. Decore com chantilly e pulverize a essência de laranja por cima do creme.

Put all ingredients in the order. Garnish with whipped cream and spray the essence of Orange over the cream.


Nenhum comentário:

Postar um comentário