Follow by Email

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Problema do sono, depressão e o uso de substâncias (Troubles assessing sleep, depression and the substance use)



O problema do sono, depressão e o uso de substâncias, ligação social e qualidade de vida de bombeiros profissionais.
Objetivo: Pouca atenção tem sido dada aos fatores que contribuem para o bem-estar psicossomático dos bombeiros. O objetivo deste estudo descritivo consiste em determinar que fatores contribuam para este bem estar em uma amostra de bombeiros profissionais.
Métodos: Medida de avaliação do sono, depressão, uso de substâncias, ligação social e qualidade de vida foram examinados em 112 bombeiros.
Resultados: muitos bombeiros relataram a privação do sono (59%), compulsão beber comportamento (58%), bem-estar mental pobre (21%), consumo de nicotina (20%), comportamento de consumo perigoso (14%), depressão (11%), bem-estar físico pobre (8%), uso excessivo de cafeína (5%), ou pobre social de ligação (4%).

Conclusões: Correlações estatísticas de pequenas e médias amostras foram identificadas a privação do sono, depressão, bem-estar física/mental e comportamentos de consumo. Comportamentos de alto risco que afetam o bem-estar psicossomático são freqüentes nos bombeiros profissionais, que exigem intervenções de promoção da saúde ambientais e baseadas no indivíduo. As relações entre tais comportamentos, portanto, precisam ser explorado em mais detalhes



Objective: Little attention has been given to factors contributing to firefighters’ psychosomatic well-being. The purpose of this descriptive study was to examine such contributing factors in a sample of professional firefighters.
Methods: Measures assessing sleep, depression, substance use, social bonding, and quality of life were examined in 112 firefighters.
Results: Overall, many firefighters reported sleep deprivation (59%), binge drinking behavior (58%), poor mental well-being (21%), current nicotine use (20%), hazardous drinking behavior (14%), depression (11%), poor physical well-being (8%), caffeine overuse (5%), or poor social bonding (4%).
Conclusions: Small-to-medium correlations were identified between sleep deprivation, depression, physical/mental well-being, and drinking behaviors. High-risk behaviors that impact psychosomatic well-being are prevalent in professional firefighters, which require environmental and individual-based health promotion interventions. The inter-correlation relationships between such behaviors, therefore, need to be explored in further details.

Nenhum comentário:

Postar um comentário