Follow by Email

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Jazz Fusion


Jazz fusion é um gênero de fusão musical desenvolvido na década de 1960 uma mistura de elementos do jazz, como seu foco na improvisação com os ritmos e sulcos de funk e R&B e as batidas e fortemente amplificadas instrumentos elétricos e efeitos eletrônicos de rock. Enquanto o termo "jazz rock" é muitas vezes usado como sinônimo para "jazz fusion", ele também se refere à música interpretada por bandas de rock da década de 1960 e de 1970-era tarde quando adicionados elementos de jazz para suas músicas como forma livre improvisação.
Após uma década de desenvolvimento durante a década de 1970, fusão expandiu as abordagens improvisadas e experimentais através da década de 1980 e 1990.
Os trabalhos de Jazz fusion, mesmo aqueles que são feitas pelo mesmo grupo ou artista, podem incluir uma variedade de estilos. Ao invés de ser um estilo musical codificado, fusão pode ser visto como uma abordagem ou uma tradição musical. Algumas músicas de rock progressivo também são rotuladas como fusão. Música de fusão é comprimentos de pista normalmente instrumental, muitas vezes com assinaturas de tempo complexas, metros, padrões rítmicos e estendida, com longas improvisações. Muitos músicos de destaque fusão são reconhecidos como tendo um elevado nível de virtuosismo, combinado com composições complexas e improvisação musical em metros complexos ou mistos. De acordo com o baixista/vocalista Randy Jackson, jazz fusion é um gênero extremamente difícil para jogar. De acordo com Jackson, "eu [...] escolhi jazz fusion porque eu estava tentando me tornar um músico mais técnico -capaz de reproduzir qualquer coisa. Jazz fusion para mim é a música mais difícil jogar. Você tem que ser tão proficiente em seu instrumento. Você tem jogado cinco tempos ao mesmo tempo, por exemplo. Eu queria tentar músicas mais difíceis porque eu sabia que se eu poderia fazer isso, eu poderia fazer qualquer coisa."

Jazz fusion is a musical fusion genre that developed in the late 1960s from a mixture of elements of jazz such as its focus on improvisation with the rhythms and grooves of funk and R&B and the beats and heavily amplified electric instruments and electronic effects of rock. While the term "jazz rock" is often used as a synonym for "jazz fusion", it also refers to the music performed by late 1960s and 1970s-era rock bands when they added jazz elements to their music such as free-form improvisation.
After a decade of development during the 1970s, fusion expanded the improvisatory and experimental approaches through the 1980s and 1990s.
Fusion albums, even those that are made by the same group or artist, may include a variety of styles. Rather than being a codified musical style, fusion can be viewed as a musical tradition or approach. Some progressive rock music is also labeled as fusion. Fusion music is typically instrumental, often with complex time signatures, metres, rhythmic patterns, and extended track lengths, featuring lengthy improvisations. Many prominent fusion musicians are recognized as having a high level of virtuosity, combined with complex compositions and musical improvisation in complex or mixed metres. According to bassist/singer Randy Jackson, jazz fusion is an exceedingly difficult genre to play. According to Jackson, " I [...] picked jazz fusion because I was trying to become the ultimate technical musician-able to play anything. Jazz fusion to me is the hardest music to play. You have to be so proficient on your instrument. You have been playing five tempos at the same time, for instance. I wanted to try the toughest music because I knew if I could do that, I could do anything."

Nenhum comentário:

Postar um comentário