Follow by Email

terça-feira, 5 de julho de 2011

Algo para se pensar a respeito (Something to think about)



Apesar da existência há milênios de depósitos de gelo ( casa de gelo, porões revestidos de madeira e palha, etc ) para servirem de fonte de gelo no verão, o primeiro refrigerador doméstico comum surgiu nos últimos anos do século XIX, na forma de caixas de gelo.Quando o gelo derretia, ele era substituído por gelo comprado nos depósitos comerciais.

Em 1854, foi feito o primeiro sistema refrigerador para a indústria de carnes, em um frigorífico de Chicago, EUA, e em 1866, também nos Estados Unidos, foi feito outro aperfeiçoamento da invenção, permitindo a refrigeração de frutas e legumes. O primeiro refrigerador domestico a ter sucesso mundial foi um modelo da General Eletric (Monitor-Top) de 1927.

Basta você andar por qualquer avenida das grandes cidades do mundo para sermos atacados por uma infinidade de aromas e alimentos. Podemos fazer referência a que desde que o homem desenvolveu os pesticidas, adubos e um meio eficaz de preservar os alimentos a espécie humana começou a ter ao seu dispor um leque de opções alimentares que nossos ancestrais nunca poderiam imaginar a 120 anos atrás.


Hoje a facilidade de se alimentar é incrível. Até mesmo nossos animais domésticos passaram a ter seu próprio alimento sem ser obrigado a comer as nossas sobras alimentares. Mas isto tem um custo. Nossas reservas aqüíferas estão paulatinamente secando e a natureza já apresenta claros sinais de stress.

Toda esta disponibilidade de alimentos do mesmo jeito que é um benefício trás consigo inúmeros malefícios. A sociedade moderna faz que homens e mulheres não precisem gastar suas energias a procura de alimento, este vem até você através de uma simples ligação telefônica. A sociedade moderna cada vez mais produz indivíduos sedentários graças a inúmeros aparelhos que nos facilitam nossa vida. Jamais eu conseguiria com um texto como este alcançar vocês (leitores pelo mundo) em tão curto prazo de tempo a 30 anos atrás (década de 1980 do século XX).

Com a necessidade e alavancar nossas carreiras profissionais deixamos de nos importar com o que comemos no dia a dia. Inventamos o conceito de fast food e com ele enchemos nossas artérias com gorduras nocivas a saúde sem nos preocupar que os processos biológicos, por enquanto são irreversíveis, vitais para que manutenção da boa saúde física e mental. Muitos alegarão:



- A medicina avançou tanto que nós passamos a considerar que muitos homens e mulheres que tiverem os recursos financeiros necessários poderão viver mais que 100 anos, algo raro até 30 anos atrás.



Na ânsia de preservar nosso modelo de vida estamos ficando cada vez mais antinatural. Está nossa atitude acaba nos levando a aumentar as incidências de determinadas doenças na sociedade. Diabetes, obesidade mórbida, AVC, infartos, problemas neurológicos, imunologicos e outras enfermidades que antes eram ocasionais hoje são a regra em varias famílias com este problema.

Nós esquecemos ou não temos a ciência exata que somos uma combinação entre a nossa carga genética herdada de nossos familiares com o meio ambiente. Na cidade de São Paulo graças a modernidade fumamos independentemente de ser tabagistas ou não 3 cigarros por dia, ao irmos a uma churrascaria ingerimos uma quantidade desnecessária de proteína animal que acarretará com o aumento do risco de termos câncer e doenças cardiovasculares. As drogas fabricadas pela indústria farmacêutica cada dia mais potencializa nossa resistência a antibióticos ou analgésicos. Cada dia tem um novo remédio mais forte que o anterior para aplacar nossa dor.



O mundo moderno desenvolveu basicamente homens e mulheres incapazes de resistir a uma simples dor ou de passar meio dia sem se alimentar. Em contrapartida temos mulheres em geral que se submetem a “n” privações para alcançar uma forma física idêntica às desejadas pelos formadores de opinião que tenha uma bela mulher. A civilização humana criou o mito da limpeza extrema e não aceitamos conviver com formigas ou mosquitos em nossas residências e compramos produtos que garante eliminar 90% das bactérias de nossos corpos ou boca.Mas poucos sabem que isto é apenas um conceito publicitário e que para viver normalmente fazemos simbiose com varias bactérias alojadas pelo nosso organismo.

Em resumo e necessário repensar nossos hábitos comportamentais de alimentação no lugar de apenas satisfazer nosso egocentrismo por alimentos saborosos.



Despite millennia of deposits of ice (Ice House, basements covered with wood and straw, etc) to serve as a source of ice in the summer, the first household refrigerator has emerged in recent years of the 19th century, in the form of ice boxes.When the ice reeds, he was replaced by ice purchased commercial deposits.


In 1854, was made the first refrigerator for meat industry, in a refrigerator of Chicago, USA, and in 1866, also in the United States, was made another improvement invention, allowing the chilling of fruits and vegetables. The first domestic refrigerator having worldwide success was a model of General Electric (Monitor-Top) in 1927.

You’ve just walked by any avenue of the world's great cities to be attacked by a multitude of flavors and food. We can make reference to that since man developed the pesticides, fertilizers and an effective means of preserving foods to the human species began to have at its disposal a range of food choices that our ancestors could never imagine 120 years ago.

Today the facility if food is incredible. Even our pets have been given their own food without being forced to eat our food leftovers. But this has a cost. Our aquifers reservations are gradually drying up and the nature is already showing clear signs of stress.


This whole food availability in the same way it is a benefit back with numerous harmful effects. Modern society is that men and women do not have to spend his energies in search of food, this comes to you through a simple phone call. Modern society increasingly sedentary individuals it produces thanks to numerous devices that facilitate our life. I never could with a text like this reach readers around the world in such a short period of time 30 years ago (late 1980 20th century).

With the need and leverage our Careers we care what we eat in everyday life. Invented the concept of fast food and with it we filled our arteries with fats are harmful to health without worry that biological processes are irreversible, for while, vital for that maintenance of good physical and mental health. Many will claim:

-The medicine has advanced so much that we pass to consider that many men and women who have the necessary financial resources will be able to live more than 100 years, something rare until 30 years ago.


Hoping to preserve our way of life we are getting increasingly unnatural. It’s our attitude in leading to increased incidences of certain diseases in society. Morbid obesity, Diabetes, stroke, infarcts, neurological problems and other ailments that were occasional today are the rule in several families with this problem.

We forgot or don't have the exact science that are a combination between our genetic load inherited from our familiar with the environment. In the city of São Paulo thanks modernity we’ve smoked whether smokers or not 3 cigarettes a day, while going to a Steakhouse eat an unnecessary amount of animal protein that will lead to increased risk of cancer and cardiovascular diseases. Drugs it manufactured by pharmaceutical industry increasingly leverage our resistance to antibiotics or pain relievers. Each day has a new remedy stronger than previous to placate our pain.

The modern world developed basically men and women unable to withstand a simple pain or to spend half a day without feed. On the other hand we have women in general who undergo "n" deprivation to achieve an identical physical shape to desire by formers who has a beautiful woman. Human civilization has created the myth of extreme cleanup and don’t accept living with ants or mosquitoes in our homes and buy products that ensures eliminate 90% of bacteria in our bodies or mouth. But few know that this is just an advertising concept and to live normally do symbiosis with various bacteria housed by our body.

In summary and must rethink our behavioral habits in place of power only satisfy our self-centeredness by tasty food.


Nenhum comentário:

Postar um comentário