Follow by Email

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Estudo aponta que café reduz risco de câncer de próstata (The study points out that coffee reduces risk of prostate cancer)



Ele reduz os riscos de desenvolver um câncer de próstata, quanto mais café melhor, de acordo com um novo estudo publicado nesta terça-feira por pesquisadores da Harvard School of Public Health.

Homens que bebem seis ou mais xícaras de café por dia apresentaram uma redução de 60% no risco de desenvolver um tipo extremamente letal de câncer de próstata, e uma redução de 20% no risco de sofrer com qualquer tipo de câncer de próstata em relação a homens que não consomem a bebida.


Até aqueles que bebem apenas entre uma e três xícaras por dia já se beneficiam com uma queda de 30% do risco de ter o tipo mais letal do câncer de próstata.

"Poucos estudos analisaram especificamente a relação entre o consumo de café e o risco de câncer de próstata letal, a forma mais violenta da doença, que é praticamente impossível de prevenir", destacou Lorelei Mucci, professora de Harvard e principal autora do trabalho.

"Nosso estudo é o maior até hoje a examinar se o café é capaz de reduzir o risco de câncer de próstata letal", acrescentou.


Segundo os pesquisadores, os efeitos são os mesmos para o café sem cafeína, o que leva a crer que o benefício está associado às propriedades antioxidantes e antiinflamatórias do café.

O câncer de próstata é a forma mais comum da doença diagnosticada anualmente entre os americanos, e as estimativas calculam que um em cada seis homens terá câncer de próstata ao longo da vida nos Estados Unidos.

Os principais fatores de risco associados à doença são as dietas ricas em gordura, consumo exacerbado de álcool e a exposição a produtos químicos, além da hereditariedade.

O estudo acompanhou 47.911 homens, que forneceram aos pesquisadores informações sobre seus hábitos de consumo de café entre 1996 e 2008.

Ao longo da pesquisa, 5.035 deles desenvolveram câncer de próstata, incluindo 642 casos letais.


It reduces the risk of developing prostate cancer, the better coffee, according to a new study published on Tuesday by researchers at Harvard School of Public Health.

Men who drink six or more cups of coffee per day had a 60% reduction in the risk of developing an extremely lethal type of prostate cancer, and a 20% reduction in risk of suffering from any type of prostate cancer in men who don’t consume the drink.

Until those who drink only between one and three cups a day already benefit from a drop of 30% of the risk of having the most lethal type of prostate cancer.


"Few studies have examined specifically the relationship between coffee consumption and risk of prostate cancer, lethal more violent form of the disease, which is practically impossible to prevent," said Lorelei Mucci, Harvard Professor and principal author of the work.

"Our study is the largest to date to examine if the coffee is able to reduce the risk of prostate cancer lethal," he added.

According to researchers, the effects are the same for the decaffeinated coffee, which leads to believe that the benefit is linked to anti-inflammatory and antioxidant properties of coffee.

Prostate cancer is the most common form of the disease diagnosed each year among Americans, and estimates estimate that one in every six men will get prostate cancer throughout life in the United States.

The main risk factors associated with disease are diets high in fat, alcohol consumption exacerbated and exposure to chemicals, and heredity.

The study followed 47,911 men, which have provided researchers information about their coffee consumption habits between 1996 and 2008.

Throughout the search, 5,035 they developed prostate cancer, including 642 cases lethal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário