Follow by Email

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Pontos positivos e negativos do consumo do café (Positive and negative points of the consume of coffee)?



A relação entre o consumo de café e o risco de doença cardiovascular ainda é tema de muita discussão, pois há estudos que mostram aumento de risco enquanto outros mostram redução. Diferenças metodológicas entre os estudos devem responder por essas discrepâncias. Entretanto, já temos um bom corpo de evidências mostrando que os estudos que mostram que o café pode aumentar o risco de doença cardiovascular refletem o efeito agudo do consumo de café, especialmente relacionado ao seu componente cafeína. Em contraste, temos também evidências de que o consumo regular e crônico de café após um infarto do coração não aumenta o risco desses pacientes em apresentar novos eventos vasculares.

The relationship between coffee consumption and risk of cardiovascular disease is still a topic of much discussion, as there are studies that show increased risk while others show reduction. Methodological differences between the studies must account for these discrepancies. However, we already have a good body of evidence showing that the studies that show that coffee may increase the risk of cardiovascular disease reflect the acute effect of coffee consumption, especially related to your component caffeine. In contrast, we also have evidence that chronic and regular consumption of coffee after a myocardial heart does not increase the risk of these patients present new vascular events.



Os bons efeitos do café vão além dos vasos sanguíneos. Seu consumo regular tem sido associado à redução da mortalidade geral, inclusive por câncer e redução do risco de doenças crônicas do fígado.



No cérebro.

• Aumenta o desempenho psicomotor e estados de vigília, atenção e humor

• Reduz o risco de suicídio

• Evita o aumento da pressão arterial durante estresse mental

• Reduz o risco de declínio cognitivo e demência incluindo a Doença de Alzheimer

• Reduz o risco de desenvolver a Doença de Parkinson

• Reduz o risco de isquemia cerebral entre fumantes

No exercício físico.

• Reduz a freqüência cardíaca e percepção de dor muscular em atividade aeróbica

• Retarda a fadiga muscular no exercício aeróbico e anaeróbico



O café também tem seus contras, mas que têm fáceis soluções:





1- Consumo de cafeína na gravidez aumenta o risco de aborto espontâneo e de gerar recém-nascido de baixo peso, especialmente em doses maiores que 200mg/dia. Alguns estudos demonstraram que o excesso de café pode reduzir a fertilidade feminina. Sugestão: Na gravidez, tomar pouco café ou só tomar café descafeinado.

2- Pode provocar insônia. Sugestão: Evitar tomar após certa hora da tarde.

3- Abstinência. Geralmente entre pessoas que bebem altas doses diárias. Sugestão: Para quem toma café diariamente, evitar suspender o consumo subitamente.

4- Consumo de café não coado pode levar a um leve aumento de colesterol e de homocisteína (marcadores de risco de doença cardiovascular). Sugestão: Dar preferência ao café coado. Entretanto, não há porque deixar de saborear um bom café expresso de vez em quando.

5- Azia. Não há evidências de que o consumo



6- Café em excesso em idades avançadas pode aumentar o risco de osteoporose e risco de fraturas, pois a cafeína reduz a absorção de cálcio. Sugestão: É recomendável que indivíduos idosos não excedam três xícaras de café por dia (300mg de cafeína).

7- Excesso de café pode dificultar a o controle de crises de enxaqueca. Por outro lado, a suspensão abrupta do café também pode desencadear crises. À luz do conhecimento atual, o consumo de três a quatro xícaras diárias (300-400mg de cafeína).


The good effects of coffee are beyond of the blood vessels. Its regular consumption has been associated with overall mortality reduction, including cancer and reduced risk of chronic diseases of the liver.

In the brain.

• Enhances psychomotor performance and States of waking, attention and humor

• Reduces the risk of suicide

• prevents the increase of blood pressure during mental stress

• reduces the risk of cognitive decline and dementia, including Alzheimer's disease

• reduces the risk of developing Parkinson's disease

• reduces the risk of cerebral ischemia between smokers



In physical exercise.

• Reduces the heart rate and muscle pain perception in aerobic activity

• slows down muscle fatigue in anaerobic and aerobic exercise



The café also has its cons, but have easy solutions:

1-Caffeine consumption during pregnancy increases the risk of miscarriage and generate low newborn weight, especially in larger doses that 200 mg/day. Some studies have shown that excess coffee can reduce female fertility. Suggestion: in pregnancy, take little coffee or just take decaffeinated coffee.

2-Can cause insomnia. Suggestion: avoid taking after certain time of the afternoon.

3- Abstinence. Usually between people who drink daily high doses. Tip: for those who take coffee daily, avoid suspend consumption suddenly.

4- Coffee consumption not strained can lead to a slight increase in cholesterol and homocysteine (risk markers of cardiovascular disease). Suggestion: give preference to coffee strained. However, because there is no longer enjoy a good espresso from time to time.

5- Heartburn. There is no evidence that the consumption.

6-coffee in excess in advanced ages may increase the risk of osteoporosis and risk of fractures, because the caffeine reduces calcium absorption. Tip: it is recommended that an older individual does not exceed three cups of coffee per day (300 mg of caffeine).

7-excess coffee can make it difficult to control migraine crisis. On the other hand, the abrupt suspension of coffee also can trigger crises. In the light of current knowledge, the consumption of three to four cups per day (300-400 mg of caffeine).

Nenhum comentário:

Postar um comentário