Follow by Email

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Central nervous system effects of caffeine and adenosine on fatigue (Efeitos da cafeína e adenosina ao sistema durante fadiga)




Did you know that coffee has benefits besides just tasting great? Coffee, your ‘best friend’ from college days when you pulled those all-nighters, really does enhance alertness, improve memory and reasoning skills and even helps put you in a better mood. And physically active individuals should know that coffee can improve physical stamina, reduce muscle pain and improve reaction time.

Você sabia que o café tem benefícios além de apenas do sabor/prazer? Café, seu melhor amigo desde os dias de colégio quando você usava para realmente aumentar a agilidade, melhorar a memória e as habilidades de raciocínio e ajuda mesmo colocá-lo em um modo melhor. E os indivíduos fisicamente ativos devem saber que café pode melhorar a resistência física, reduzir a dor muscular e melhorar o tempo de reação.


A ingestão de cafeína pode atrasar a fadiga durante o exercício, mas os mecanismos continuam a ser indescritíveis. Este estudo foi concebido para testar a hipótese que bloqueio dos receptores de adenosina do sistema nervoso central (SNC) pode explicar o efeito benéfico de cafeína em fadiga. Experiências iniciais foram feitas para confirmar um efeito da cafeína CNS e/ou a adenosina A(1)/A(2) receptor agonista 5'--N ethylcarboxamidoadenosine (NECA) na atividade de locomoção espontânea. Trinta minutos antes de medição da atividade espontânea a cafeína foi administrada a ratos machos durante o exercício da esteira, NECA, cafeína adicionada ao NECA ou veículo durante quatro sessões separadas pela cafeína 1 wk. CNS e NECA (intracerebroventricular) foram associados, a um aumento ou redução da atividade espontânea, respectivamente, mas cafeína adicionada ao NECA bloqueia a redução induzida pelo NECA. Cafeína CNS também aumentou o tempo de execução à fadiga por 60% e a NECA reduziu em 68% vs. veículo. No entanto, ao contrário dos efeitos sobre a atividade espontânea, pré-tratamento com cafeína foi eficaz no bloqueio a diminuição no tempo de execução pela NECA. Não foram encontradas diferenças periféricos (intraperitoneal) depois da administração da droga. Os resultados sugerem que cafeína pode atrasar fadiga através de mecanismos de CNS, pelo menos em parte, bloqueando os receptores de adenosina.


Caffeine ingestion can delay fatigue during exercise, but the mechanisms remain elusive. This study was designed to test the hypothesis that blockade of central nervous system (CNS) adenosine receptors may explain the beneficial effect of caffeine on fatigue. Initial experiments were done to confirm an effect of CNS caffeine and/or the adenosine A(1)/A(2) receptor agonist 5'-N-ethylcarboxamidoadenosine (NECA) on spontaneous locomotor activity. Thirty minutes before measurement of spontaneous activity or treadmill running, male rats received caffeine, NECA, caffeine plus NECA, or vehicle during four sessions separated by approximately 1 wk. CNS caffeine and NECA (intracerebroventricular) were associated with increased and decreased spontaneous activity, respectively, but caffeine plus NECA did not block the reduction induced by NECA. CNS caffeine also increased run time to fatigue by 60% and NECA reduced it by 68% vs. vehicle. However, unlike the effects on spontaneous activity, pretreatment with caffeine was effective in blocking the decrease in run time by NECA. No differences were found after peripheral (intraperitoneal) drug administration. Results suggest that caffeine can delay fatigue through CNS mechanisms, at least in part by blocking adenosine receptors

Nenhum comentário:

Postar um comentário