Follow by Email

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Ecologia e pratica de ecogastronomia (Ecology and ecogastronomy's pratice)



A pitanga é o fruto da pitangueira, ou Eugenia uniflora L., dicotiledônea da família Myrtaceae. O fruto (1,5 cm. de diâmetro) poderá ter desde as cores verde, amarelo e alaranjado até a cor vermelho intenso de acordo com o grau de maturação.

Este fruto não é produzido comercialmente pois, quando maduro, fica muito tenro e danifica-se facilmente com o transporte. Apesar disto, é apreciado no Brasil pois é muito saboroso, além de ser rico em cálcio.

A pitangueira é uma árvore nativa da Mata Atlântica brasileira, onde é encontrada na floresta semidecidual do planalto e nas restingas, desde Minas Gerais até o Rio Grande do Sul em regiões de clima subtropical. Apesar de ser tipicamente brasileira, esta espécie atualmente pode ser encontrada na ilha da Madeira (Portugal), na América do Sul (Argentina, Bolívia, Guianas, Paraguai, Uruguai e Venezuela), América Central (incluindo Caribe), América do Norte (exceto Canadá) e África (Gabão, África do Sul e Madagascar).


As folhas pequenas e verde-escuras, quando amassadas, exalam um forte aroma característico. As flores são brancas e pequenas, tendo utilidade melífera (apreciada por abelhas na fabricação do mel).

A palavra "pitanga" vem do tupi-guarani pï'tana, que significa "vermelho" (a cor mais comum deste fruto), ou aquilo que se qualifica pela sua cor avermelhada, que tem a pele vermelha, corada .

Seu aproveitamento são varios. Os frutos são utilizados na alimentação humana em seu estado natural e sob a forma de geleias,doces e refrescos.A infusão é tida como util no tratamento da gota e reumatismo,da hipertensão e diarreia.Por conter um alcalóide pitanguina ,que é sucedaneo da quinina,funciona como excelente anti-termico.


O tronco fornece madeira resistente,além de sua utilização ornamental e do facil cultivo.Boa resistencia às condições urbanas. Presta-se para formação de cercas vivas.É bastante utilizada em praças e jardins. Aconselha-se a sua implantação em calçada pro apresentar sistema radicular profundo e pequeno a médio porte.

The pitanga is the fruit of the Surinam cherry, or Eugenia uniflora l., plant in the Myrtaceae family. The fruit (1.5 cm. in diameter) may have provided the colors green, yellow and orange to deep red color according to the degree of ripeness.

This fruit isn’t produced commercially because, when mature, it becomes very tender and damage easily with the transport. Despite this, it is appreciated in Brazil because it is very tasty, besides being rich in calcium.


The Surinam Cherry is a tree native to Atlantic forest in Brazil, where it is found in semi-deciduous do planate and in sandbanks, from Minas Gerais to Rio Grande do Sul in subtropical climate regions. Despite being Brazilian typically, this species can currently be found on the island of Madeira (Portugal), in South America (Argentina, Bolivia, Guyana, Paraguay, Uruguay and Venezuela), Central America (including Caribbean), North America (except Canada) and Africa (Gabon, South Africa and Madagascar).

The small leaves and dark green, wrinkled when exude a strong, characteristic aroma. The flowers are white and small, having utility's meal (appreciated by bees in the manufacture of honey).

The word "pitanga" comes from the tupi-guarani pï ' tana, which means "red" (the most common color of this fruit), or what qualifies for its reddish color, which has red colored skin.



Their uses are various. The fruits are used in food in its natural state and in the form of jellies, pastries and refreshments. The infusion is regarded as useful in the treatment of gout and rheumatism, hypertension and diarrhea. It contains an alkaloid pitanguina, which is succedaneum of quinine, works as a great antipyretic.

The trunk provides wood, in addition to their ornamental utilization and easy cultivation. Good resistance to urban conditions. It lends itself to the formation of hedges. It is widely used in squares and gardens. We advise you to its deployment in sidewalk pro provide deep root system and small to medium businesses


Licor de Pitanga (Surinam Cherry liquer)

Ingredientes (Ingredients)


1 e ½ litros de água filtrada (litre of filtered water)
1 quilo de pitangas maduras (surinam cherrie ripe)
1 quilo de açúcar (sugar)
1 litro de álcool de cereais (grain alcohol)

Modo de Preparo (How tro prepare)


Colocar numa vasilha de vidro, o álcool, o açúcar e as pitangas, deixando por um espaço de 4 dias, tendo porém, a precaução de mexer com uma colher de pau duas vezes ao dia. Passado esse tempo, misturar 1 e ½ litros de água filtrada, e, em seguida, filtrar e engarrafar. Este licor deve ser feito em vasilhame de vidro, louça ou cristal.

Put in a glass pot, alcohol, sugar and the weeping cherries, leaving a space of 4 days, taking the precaution of stir with a wooden spoon twice a day Past that time, mix 1 and 1.5 litres of filtered water, and then filter and bottling. This liquor should be made into glass bottles, dishes or crystal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário